Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Blog > Notícias > Micro-ônibus substituem kombis em Olinda

Micro-ônibus substituem kombis em Olinda

Grande Recife Consórcio passa a gerenciar o sistema

OS NOVOS veículos foram adaptados para transportar portadores de deficiência

A partir de hoje, o município de Olinda passa a contar com uma nova frota de veículos que passa a alimentar o sistema de transporte público da cidade. Vinte e cinco novos micro-ônibus foram adquiridos em substituição as 50 kombis do atual sistema complementar. Outros 15 carros serão acrescidos ao sistema nos próximos três meses. A gestão e a fiscalização ficará sob a responsabilidade do Grande Recife Consórcio de Transporte, enquanto a operação dos equipamentos será administrada pelas empresas Caxangá, Rodotur e Rodolinda (ônibus) e pela Cooperativa dos permissionários de transporte complementar (Cootraol). Cerca de seis mil pessoas serão transportadas por dia, porém, essa demanda poderá aumentar em breve. Ao todo, 98 veículos vão operar as linhas no município, sendo 73 convencionais e 25 micros.

Esses micro-ônibus têm capacidade para transportar 33 pessoas, sendo 21 sentadas e 12 em pé. As kombis tem capacidade apenas para 12 pessoas. Os novos carros são climatizados, equipados com GPS, possuem acesso para cadeirantes, além do equipamento chamado “anjo da guarda” – dispositivo que só permite que os veículos saiam com as portas fechadas. Os micro-ônibus estão integrados ao sistema de bilhetagem eletrônica onde trabalhadores e estudantes poderão usar o VEM. Crianças também vão poder utilizar o VEM infantil, a partir de hoje. Quanto à tarifa, o valor cobrado será de R$ 1,70, até o dia 1º de maio. No dia seguinte, o valor da passagem custará R$ 1,85 (equivalente ao anel “A”).

Os veículos não-convencionais irão atender as várias localidades de Olinda, tais como Águas Compridas, Alto da Bondade, Alto do Sol Nascente, Caixa D’água, entre outras localidades. Os terminais de ônibus do Caenga e Ouro Preto irão fazer a interligação com as linhas convencionais do município.

O presidente do Grande Recife Consórcio, Dilson Peixoto disse que a nova frota, que começa a operar a partir de hoje, será um ganho em qualidade para o sistema de transporte municipal de Olinda. “Foram investidos aproximadamente R$ 4,3 milhões nessa nova etapa. Os ônibus são plenamente acessíveis aos cadeirantes e pessoas com deficiência visual. Além disso, os veículos possuem GPS permitindo o controle das viagens e horários. O prefeito de Olinda, Renildo Calheiros também destacou essa nova fase do sistema de transporte público municipal. “Nosso objetivo é atender melhor o usuário”, concluiu.

TÁXI-CADEIRANTE

Após uma audiência pública realizada ontem, a proposta de implantar 30 táxis adaptados para cadeirantes em Olinda foi encaminhada ao prefeito Renildo Calheiros. Caso a proposta seja aprovada pelo gestor, o texto seguirá para votação na Câmara de Vereadores. O chamado táxi-cadeirante é adaptado para portadores de deficiência física. Caso o projeto seja implantado, Olinda será a segunda cidade do Nordeste a possuir serviço, a primeira a implantar na região foi Fortaleza, no Ceará.

Fonte: Folha de Pernambuco