Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Blog > * Destaque da home 512x250 * > Corredores de ônibus vão reduzir tempo de viagem

Corredores de ônibus vão reduzir tempo de viagem

CORREDORES VÃO REDUZIR TEMPO DE VIAGEM

Hoje, Governo faz audiência pública para apresentar à população os projetos

A Região Metropolitana do Recife está a um passo de dar um dos maiores saltos de qualidade na história do Transporte Público de Passageiros, em um arrojado projeto realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria das Cidades. Com a implantação dos corredores exclusivos de ônibus nos moldes do BRT (Bus Rapit Transit), a população terá um ganho no tempo de suas viagens de 15 a 30 minutos. Será a mais ambiciosa intervenção no setor, com investimento de, aproximadamente, R$ 1 bilhão e que chama atenção quando calculamos a redução do tempo gasto nas viagens diárias dos passageiros que trabalham no Grande Recife. Para percorrer os 12,3 km de extensão do Corredor Leste-Oeste, trecho que sai de início em Camaragibe e segue até o centro do Recife, por exemplo, os usuários gastam hoje em um ônibus comum cerca de 1h45min.

Com a implantação do corredor exclusivo de BRT, esse tempo cairá para 1h15min. Esse ganho de meia hora em cada viagem diária, significa que o trabalhador terá economizado um dia de seu tempo ao final de cada mês.

Além do ganho de tempo nas viagens, o modelo de transporte BRT a ser adotado nos 100 km de extensão dos corredores Norte-Sul, Leste-Oeste e BR-101, permitirá mais conforto e segurança aos usuários, já que todos são equipados com ar-condicionado, sistema de segurança através de registro de imagens, contagem eletrônica de passageiros e GPS. Esse modelo existe hoje em cidades como Bogotá (Colômbia), Paris (França) e Curitiba (Brasil). Esses veículos também cobram a tarifa antes de o passageiro entrar no ônibus e os embarques e desembarques são feitos em miniestações construídas no mesmo nível dos coletivos, o que agiliza o tempo de parada dos veículos.

Segundo o secretário das Cidades, Danilo Cabral, “outro benefício é que os corredores vão acabar com o conflito que existe hoje entre o transporte público e o individual, já que os ônibus circularão em vias exclusivas e os semáforos serão sincronizados. Também, serão realizadas intervenções viárias como a construção de estações elevadas, viadutos e túneis, evitando o tráfego rotineiro e facilitando assim o fluxo dos coletivos”.

TRANSPARÊNCIA – Para garantir a transparência dos projetos dos três corredores a Secretaria das Cidades (Secid) montou um Grupo de Trabalho com o Tribunal de Contas do Estado para construir juntos os editais de licitação das obras. Também hoje, a Secid realiza uma audiência pública no auditório do TCE-PE às 14h30, para apresentar os projetos à sociedade.

Passada a audiência pública, o Estado tem mais 15 dias úteis para publicar o edital de licitação dos projetos. Tempo suficiente para fazer as alterações e ajustes que surjam durante o debate. “Estamos trabalhando para publicar esses editais em julho e assim termos a garantia de que em 2013 estaríamos com as obras prontas para que Per-nambuco possa, inclusive, credenciar-se para sediar também a Copa das Confederações”, disse o secretário Danilo Cabral, lembrando que cada obra leva em torno de 24 meses para ser entregue.

SAIBA MAIS

Corredor Leste-Oeste – Será responsável pelo transporte dos passageiros na praça do Derby até o Terminal Integrado de Camaragibe, com extensão de 12,3 quilômetros.

Corredor da BR 101 (IV Perimetral): Com início no entroncamento da BR-101 com a PE-15 seguindo até Cajueiro Seco, em Jaboatão, a obra de construção do corredor da BR-101 tem um investimento estimado de R$ 480 milhões.

Corredor Norte-Sul: Com uma demanda atual de 146 mil passageiros por dia, o corredor Norte Sul será implantado a partir do Terminal Integrado de Igarassu e nessa primeira etapa a intervenção seguirá até o Centro do Recife. O segundo trecho seguirá do Tacaruna até a avenida Barão de Souza Leão.

Fonte: Folha de Pernambuco, Caderno Grande Recife