Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Blog > Notícias > Ciclovia do canal 6 ligará Porto de Santos (SP) à orla

Ciclovia do canal 6 ligará Porto de Santos (SP) à orla

Projeto já está finalizado pela Prodesan e o início das intervenções está marcado para o segundo semestre de 2014

Obras fazem parte da 31ª edição do Programa Viva o Bairro. Créditos: Diário do Litoral

O prefeito Paulo Alexandre Barbosa, que  realiza o balanço da prestação de contas de seu primeiro ano de governo, revela que será construída uma nova ciclovia, ligando o Porto à orla pela Avenida Coronel Joaquim Montenegro. Segundo Barbosa, o projeto está pronto  e foi realizado pela Prodesan, a companhia de economia mista que tem o município como principal acionista. Embora o prefeito não tenha revelado o custo da obra ele garante que ela será realizada porque está contemplada no orçamento do próximo ano. Técnicos que participaram da elaboração do projeto da nova ciclovia garantem que ela encurtará o tempo gasto por trabalhadores portuários para acessar a ciclovia da orla,  a que registra o maior movimento.

Mas além da nova ciclovia, o prefeito garante que os bairros do Boqueirão, Embaré, Aparecida e Ponta da Praia receberão, a partir de janeiro, investimentos de R$ 30 milhões para obras nas áreas da saúde, infraestrutura, segurança pública, cultura, esporte e turismo. Barbosa não revelou detalhes dos projetos em várias áreas para essa região de Santos, mas a população espera que a segurança pública seja contemplada com os maiores recursos, ampliando a presença da guarda municipal nesses bairros, especialmente no período noturno, como coadjuvante da Polícia Militar. O que não significa que outras projetos não são importantes, como a reforma total do Deck do Pescador, a mais frequentada área de lazer da Ponta da Praia.

Entre os investimentos para a área do esporte, o complexo esportivo do Rebouças receberá a maior verba entre os investimentos anunciados. O projeto de revitalização do complexo prevê a substituição da atual piscina de 25 metros por uma olímpica de 50 metros.  O projeto de revitalização contempla os idosos, com quatro quadras de malha e bocha.  Outra intervenção importante será a reforma da concha acústica do Boqueirão, construída na década de 60. Para o prefeito, que também anuncia obras de repavimentação desse bairros, não significa que essa região da cidade esteja sendo prioridade e cita como exemplo o grande investimento na macrodrenagem que está sendo realizada na Zona Noroeste, que ficará livre das   enchentes.

Fonte : Portal Mobilize