Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Blog > Sala de Imprensa > Clipping > Urbana-PE organiza Campanha contra a queima de parada de ônibus

Urbana-PE organiza Campanha contra a queima de parada de ônibus

Publicado no Portal JC Online – Coluna de Olho no Trânsito, 24/05/2010

Por Roberta Soares

Campanha vai premiar os motoristas que menos queimarem os pontos de parada


Imagem: Reprodução de cartaz da Urbana-PE

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Urbana-PE) está lançando uma campanha para combater a queima de parada de ônibus pelos motoristas. Mesmo não sendo a principal reclamação dos passageiros, está entre as mais frequentes. “O Rei das Paradas Pode Ser Você” vai premiar os motoristas que menos queimarem os pontos de parada. O foco é estimular os condutores a tratarem bem os usuários do sistema de transporte na Região Metropolitana do Recife.

A premiação se resume a um CD de músicas que fazem sucesso, mas o que vale mesmo são os elogios na ficha de cada um dos operadores, o que faz a diferença na hora de se manter no emprego. A campanha começou no início de maio e vai seguir pelo mês de junho. Ela tem duas etapas. A primeira acontece internamente. Os seis mil motoristas estão sendo treinados e orientados sobre a forma correta de agir na hora de parar para o embarque dos passageiros. Na segunda fase, fiscais do sindicato estarão circulando nos coletivos, como usuários, para ver a postura dos operadores.

Folderes com diversas dicas estão sendo distribuídos entre os motoristas. Neles, são indicados os dez passos para o sucesso. São eles:

1 – Parar mesmo que o ônibus esteja lotado, já que a opção de seguir viagem deve ser do cliente;

2 – Diminuir a velocidade ao se aproximar das paradas para evitar freadas bruscas;

3 – Seguir o comboio no caso de paradas que aglomeram muita gente, evitando fazer fila dupla ou cortar pela esquerda;

4 – Observar se o embarque ou desembarque foi concluído com segurança antes de dar saída no veículo;

5 – Permanecer sempre na faixa da direita das vias;

6 – Desenvolver velocidade compatível com a via;

7 – Ter atenção especial com os idosos e as pessoas com deficiência;

8 – Respeitar o esquema de operação definido nos corredores exclusivos e parar sempre rente às plataformas;

9 – Se tiver que parar longe do meio-fio deve explicar os motivos ao passageiro;

10 – Atender a todas as solicitações de embarque e desembarque entre 22h e 5h. Nos subúrbios, durante o mesmo horário, procurar desembarcar os usuários em locais mais iluminados ou de maior concentração de pessoas.

*Slide disponível em:

http://jc.uol.com.br/coluna/de-olho-no-transito/index.php

Os passageiros também receberão uma espécie de treinamento. Folderes orientando as pessoas na hora de pedir parada a um coletivo para evitar a queima serão distribuídos com a população. Neles, há dicas como pedir parada com antecedência, a tempo de o motorista poder ver a solicitação e evitar freadas bruscas, e em locais seguros para facilitar a vida do condutor. Essa etapa da campanha estará nas ruas a partir de junho. “Serão dadas orientações para os motoristas e dicas para os passageiros. Assim, todos saem ganhando”, afirma o presidente do Urbana-PE, Fernando Bandeira.

A queima de paradas, segundo o Grande Recife Consórcio de Transporte, é a principal reclamação feita pelos passageiros à Central de Atendimento ao Cliente (08000810158).

Veja o ranking de queixas (do início do ano até o dia 20 de maio)

1º lugar

1.620 reclamações foram feitas sobre queima de parada

2º lugar

774 reclamações feitas por não cumprimento do quadro de horário

3º lugar

619 reclamações por falta de urbanidade (motorista grosseiro com o passageiro)

4º lugar

179 reclamações de falta de atenção

5º lugar

110 reclamações por dirigir perigosamente e alteração de itinerário