Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Blog > * Destaque da home 512x250 * > Atenção para a responsabilidade de quem anda nas ruas

Atenção para a responsabilidade de quem anda nas ruas

Pedestres também são responsáveis por sua segurança no trânsito

Quem está andando também deve ficar atento aos cuidados mais básicos para evitar acidentes
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Nesta quinta-feira (8), comemora-se o Dia Do Pedestre. Pensando nisso, daremos algumas dicas sobre como o pedestre deve se comportar e os cuidados que deve tomar para garantir a sua segurança e dos demais, pois quando se fala em trânsito, a responsabilidade e os cuidados não devem ficar restritos apenas aos condutores de carros, ônibus, motos ou bicicletas. Quem está andando também deve ficar atento aos cuidados mais básicos para evitar acidentes.

Um levantamento feito pela Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco mostrou que no ano de 2011, das 24.714 vítimas de acidentes de trânsito no Estado, 1.893 eram pedestres. Em 2012, os números são ainda mais altos. Das 42.653 pessoas que ficaram feridas em acidentes envolvendo transportes terrestres, 3.902 eram pedestres.

A secretaria também divulgou o número de óbitos. Somente no ano passado, 326 pessoas morreram em Pernambuco. Embora muitos acidentes de trânsito sejam causados por motoristas imprudentes, a falta de educação dos transeuntes, que costumam cometer comportamentos arriscados no trânsito, contribui, e muito, para provocar atropelamentos.

Esses números refletem o descaso de motoristas e pedestres às leis e normas de trânsito. Apesar do Código de Trânsito assegurar os direitos dos pedestres, garantindo, por exemplo, o respeito obrigatório da travessia nas faixas de segurança, os transeuntes também possuem deveres a cumprir.

Veja algumas atitudes, do código, que são proibidas aos pedestres:

I- permanecer ou andar nas pistas de rolamento, exceto para cruzá-las onde for permitido;

II – cruzar pistas de rolamento nos viadutos, pontes, ou túneis, salvo onde exista permissão;

III – atravessar a via dentro das áreas de cruzamento, salvo quando houver sinalização para esse fim;

IV – utilizar-se da via em agrupamentos capazes de perturbar o trânsito, ou para a prática de qualquer folguedo, esporte, desfiles e similares, salvo em casos especiais e com a devida licença da autoridade competente;

V – andar fora da faixa própria, passarela, passagem aérea ou subterrânea;

VI – desobedecer à sinalização de trânsito específica;

Nos principais corredores do Recife, não são poucos os pedestres que insistem em descumprir algumas dessas regras. Uma das irregularidades mais comuns são pessoas tentando atravessar fora da faixa ou passando a via quando o sinal está verde para os veículos.

Atitudes que parecem ser inofensivas, mas que são responsáveis por inúmeros acidentes. Somente no Recife, 365 pessoas foram atropeladas e 16 morreram, segundo a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) no ano de 2012. Mudar esses dados pode ser possível com atitudes simples. Confira algumas dicas:

Fonte: NE10