Pular a navegação e ir direto para o conteúdo




Blog > Blog do Instituto > A importância da integração da bicicleta no transporte coletivo

A importância da integração da bicicleta no transporte coletivo

As bicicletas têm uma grande importância para a mobilidade urbana. Alguns sistemas já a incluem como complemento do transporte coletivo. O sistema de Fortaleza, por exemplo, contribuiu para fortalecer a integração modal na cidade: 30% dos usuários do programa alugam a bicicleta logo antes ou logo depois de utilizar o transporte coletivo.

O exemplo mostra que a bicicleta, além de ser independente, pode ser uma ferramenta poderosa para facilitar o acesso das pessoas ao transporte público. No caso das bikes, considera-se um raio de três quilômetros para delimitar as áreas prioritárias para investimento em infraestrutura cicloviária, onde está o maior potencial de alimentação aos sistemas de transporte coletivo.

A integração efetiva entre os modos de transporte, por meio de uma rede em que as diferentes opções tornem-se complementares ao invés de concorrentes, pode ser a resposta para muitos dos desafios enfrentados hoje pelas cidades no que diz respeito à mobilidade. Isso depende, porém, de um compromisso sólido das cidades em promover uma divisão modal mais equilibrada, garantindo as condições necessárias para que os diferentes modos de transporte coexistam em harmonia e de forma eficiente.

Fonte: Portal The City Fix Brasil (Editado)

(http://thecityfixbrasil.com/2017/08/30/mobilidade-urbana-a-bicicleta-como-ferramenta-de-integracao/)



Um comentário

  1. Daniel Julio disse:

    Bem que a ideia deveria ser reproduzida em Recife, da seguinte forma : realocando algumas estações de bicicleta para perto ou até mesmo dentro dos terminais de integração, dando uma segunda opção de deslocamento ao usuário .

Deixe um comentário